Declaração de fé da Willow Creek

  • A Bíblia é a única revelação de Deus às pessoas. É a Palavra inspirada e infalível de Deus, sendo a suprema e máxima autoridade em todos os assuntos que ensina. Não há outros escritos imbuídos de tal autoridade divina.

 

  • Há um só Deus, criador do céu e da terra, que existe eternamente como três pessoas – Pai, Filho e Espírito Santo –, cada um sendo plenamente Deus embora distintos como pessoa.

 

  • Todas as pessoas são criadas à imagem de Deus e têm importância profunda para ele. A mensagem da Bíblia é que Deus as ama, convidando-as a viver em comunhão com ele e em comunidade.

 

  • Excetuando Jesus Cristo, o ser humano está espiritualmente perdido e, por causa do pecado, merece o julgamento de Deus. Contudo, Deus concede salvação e vida eterna para qualquer pessoa que confie em Jesus Cristo e em seu sacrifício por ele. A salvação não pode ser ganha por meio de bondade pessoal ou esforço humano. É um dom que precisa ser recebido por arrependimento humilde e fé em Cristo e sua obra consumada na cruz.

 

  • Jesus Cristo, a segunda pessoa da Trindade, nasceu da virgem Maria, viveu uma vida humana sem pecado, tomou sobre si voluntariamente todos os nossos pecados, morreu e ressuscitou em carne e osso, e está à direita do Pai como nosso advogado e mediador. Algum dia ele voltará para consumar a história e cumprir o plano eterno de Deus.

 

  • O Espírito Santo, terceira pessoa da Trindade, convence as pessoas do pecado, atraindo-as a Cristo. Ele também habita em todos os cristãos e está disponível para capacitá-los a conduzir uma vida como a de Cristo, concedendo-lhes dons espirituais para servir a igreja e alcançar um mundo decaído e necessitado.

 

  • A morte sela o destino eterno de cada pessoa. No julgamento final, os incrédulos serão separados de Deus para a condenação. Os cristãos serão recebidos na presença amorosa de Deus e recompensados pela fidelidade a ele nessa vida.

 

  • Todos os cristãos são membros do corpo de Cristo, a única igreja universal verdadeira. A unidade espiritual deve ser manifestada entre os cristãos pela aceitação e amor uns pelos outros, entrecortando linhas étnicas, culturais, socioeconômicas, nacionais, de gerações, sexo e denominacionais.

 

  • A igreja local é uma congregação de cristãos que se unem para adoração, oração, instrução, encorajamento, responsabilidade mútua e comunhão. Por intermédio disso, os cristãos investem tempo, energia e recursos para cumprir a Grande Comissão de Deus: alcançar os não-salvos e transformá-los em seguidores plenamente dedicados de Cristo.

 

Essa declaração reflete um resumo atual das doutrinas principais da Bíblia, as quais também são apresentadas nos credos históricos da igreja cristã.