VALORIZANDO PRESOS, PRODUZINDO TRANSFORMAÇÃO

O Global Leadership Summit acredita que todos têm influência, e não importa onde exercem essa liderança. Você pode ser CEO de uma grande corporação, pastor em uma pequena cidade do interior, professor, político, aluno, pai ou mesmo um presidiário.

A equipe da Willow Creek Association está empenhada em fornecer ferramentas a qualquer pessoa que queira melhorar suas habilidades de liderança para mudar sua própria esfera de influência onde quer que esteja, mesmo na prisão.

Como exemplo para o mundo todo, em 2017 o Summit estará em 60 prisões nos EUA, contra 11 prisões em 2015. Nada disso seria possível sem o compromisso de muitos capelães, guardas, voluntários e mantenedores de presídios que ajudaram a tornar isso realidade.

Mas tudo começa com uma faísca de inspiração.

Para Steve Ruby, capelão da prisão Joseph Harp Correctional e membro da equipe da igreja The Crossing, em Oklahoma City, Oklahoma, a centelha acendeu depois de assistir ao vídeo “Uma Grande Visão” do Summit em 2015, onde pode conhecer o trabalho de Warden Burl Cain.

“Warden Cain falou sobre as coisas que eles estavam fazendo para mudar a cultura da prisão, e senti um chamado para realizar o Summit em Joseph Harp Correctional”, diz Steve. “Por meio da interação com líderes dos presidiários e alguns dos nossos voluntários mais confiáveis, começamos a sonhar e a elaborar estratégias sobre como isso poderia funcionar.”

“Como qualquer conceito novo dentro do sistema prisional, é preciso tempo para ‘vendê-lo’ internamente, pois alguns setores são mais ‘engessados’ e burocráticos. No entanto, quando enfatizamos o valor para os homens que participaram e o efeito das ondas da boa liderança com base cristã, houve pouca resistência.”

Adicionar valor às pessoas permite a verdadeira transformação.

“Estou convencido de que existe um líder dentro de todos nós”, disse Steve. “Precisamos de gente que acredite em uma pessoa o suficiente para ajudá-la a enxergar o seu potencial e que esteja disposta a fornecer recursos para ajudá-la nessa busca.” Durante o Summit da última temporada, John Maxwell enfatizou sobre acrescentar valor às pessoas, e isso realmente atingiu o coração de Steve de forma definitiva. “No contexto em que sirvo, creio que a grande parte desses homens nunca teve ninguém que acreditasse neles. Eles desejam um senso de significado e têm necessidade de valor. Quando agregamos valor, esses homens adquirem a esperança de que o futuro pode ser diferente do passado”, acrescenta. “O Summit é uma oportunidade que incentiva aqueles que muitas vezes são esquecidos pela sociedade. Em um ambiente como a prisão, as pessoas precisam de esperança e alternativas para viver, e o evento oferece ambos.” “Foi uma bênção ver homens intensificar e adotar princípios de liderança aprendidos no Summit. O acompanhamento mensal solidificou e os encorajou a aplicar profundamente o que foi visto. Os homens que participaram continuam a demonstrar uma sede de aprender e crescer na sua esfera de influência de forma amplamente positiva.”

O Summit não é apenas um evento. É um movimento. ”

Sou grato pelo privilégio de desempenhar um papel pequeno para enriquecer a vida dos presos por intermédio do que é mais do que um evento. É um movimento que afeta um número de pessoas que apenas a eternidade revelará completamente. Minha visão é ver esse avanço, promovendo o mover de Deus em todo o estado. O Global Leadership Summit definitivamente não pode ser visto como um simples evento, mas sim como catalisador.” “Agradeço a Bill Hybels e a toda equipe da Willow. Eles têm um coração para inspirar e desafiar pessoas de todos os setores a serem melhores – e melhores em suas vidas e liderança”, finaliza Steve.

—Saiba como realizar o Summit em sua empresa ou organização: willowcreek@willowcreek.org.br